Home / Geral / Transgênero com sete filhos deixa família para viver como menina de 6 anos – confira o vídeo

Transgênero com sete filhos deixa família para viver como menina de 6 anos – confira o vídeo

14152600505306

O canadense Paul, 52 anos, era um mecânico que levava uma vida normal. Casado e pai de 7 filhos, conta que aos 46 anos se descobriu “transgênero”. Sua esposa não aceitou e ele se separou. Agora assumiu a identidade de uma menina, Stefonknee Wolscht, de apenas 6 anos.

blog_trans2  14151324383278

O que para muitos seria visto como um distúrbio mental, tem sido saudado como uma manifestação da chamada “ideologia de gênero”. Stefonknee-Paul conta que por falta de apoio da antiga família, tentou o suicídio duas vezes. Após largar o emprego, passou cerca de um mês no hospital, acabou indo dormir em abrigos para pessoas sem teto.

Quando uma das filhas se casou, ele só poderia ir com a condição de vestir com roupas masculinas, sentar atrás da igreja e não conversar com o restante da família. Acabou encontrando apoio na comunidade de transgêneros de Toronto.

Agora, ele ganhou pai e mãe adotivos e vive com eles. Usa roupas de meninas e passa o dia brincando e colorindo com seus pais. “Deixar de ser trans não é uma coisa que consigo fazer, é como se me falassem para diminuir minha altura ou ir embora”, contou ao site “The Daile Xtra”.

a-familia

A nova família é a alegria de Paul-Stefonknee. “Não posso negar que eu era casada, não posso negar que tenho filhos. Mas eu andei para frente e voltei a ser criança, não quero ser uma adulta agora. Eu tenho um pai e uma mãe – adotivos – que estão totalmente confortáveis comigo. Os filhos e netos deles também me apoiam. Eu sou permitida a ser quem realmente sou”, comemora.

Por trás do insólito está o avanço do discurso politicamente correto da “ideologia de gênero” usada amplamente pelos proponentes da agenda LGBT. Em resumo, cada um pode ser o que quiser e a sociedade precisa aceitar isso.

Após homens “virando” mulheres e vice-versa, chegou ao ponto de alguns quererem ser um animal. Recentemente o mundo soube que o francês Karen, 50 anos, nascido homem, pagou um tratamento e modificou o corpo, passando a se dizer mulher.

 

noticias

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

Dom Aldemiro, Bispo Diocesano, celebrará Missa dia 19 Maio em ação de graças pela Migração da Rádio Integração para 102.3 FM

A Diocese de Guarabira, através do seu Bispo, Dom Aldemiro Sena e a direção da ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *