Home / Destaque / Renan não descarta antecipar eleição presidencial para resolver crise política

Renan não descarta antecipar eleição presidencial para resolver crise política

c453e514-3b32-4030-b57b-12d54cb1310f

Transcrição

LOC: O PRESIDENTE DO SENADO NÃO DESCARTA ELEIÇÕES GERAIS OU A ANTECIPAÇÃO DAS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS PARA RESOLVER A CRISE POLÍTICA.

LOC: MAS DIVERSOS SENADORES AVALIAM QUE A SOLUÇÃO NÃO PASSA PELA RENÚNCIA COLETIVA DA PRESIDENTE DILMA, DOS PARLAMENTARES E DOS GOVERNADORES. A REPORTAGEM É DE HÉRICA CHRISTIAN.

(Repórter): O presidente do Senado, Renan Calheiros do PMDB de Alagoas, disse que a sugestão do senador Valdir Raupp do PMDB de Rondônia de antecipar para outubro deste ano as eleições presidenciais é uma opção a ser considerada. Ao afirmar que não acredita na aprovação do impeachment contra a presidente Dilma Rousseff nem na renúncia dela e diante da manifestação do vice-presidente da República, Michel Temer, de que não teria interesse em assumir o comando do País, Raupp avalia que a solução para o impasse político é convocar novas eleições para o Palácio do Planalto. Diante da declaração de Dilma que só se posicionaria sobre a proposta se os parlamentares também renunciassem, Renan Calheiros avalia que há espaço para esse debate.

(Renan Calheiros) Acho que a antecipação da eleição presidencial é outra coisa. A tese da eleição geral que está sendo defendida é uma tese mais ampla e pode significar uma resposta da política ao Brasil que continua demonstrar muito ansiedade neste momento.

(Repórter) O líder do Democratas, senador Ronaldo Caiado de Goiás, entende, no entanto, que a solução para a crise é o impeachment.

(Ronaldo Caiado) Ela que deveria dar o bom exemplo. Não é instigar o Congresso Nacional. Quem está sob judice é a presidente da República. Quem está para ser impeachmada é a presidente da República. Ela em primeiro lugar. De nós, ela que dê o primeiro passo.

(Repórter) O líder do governo no Senado, Humberto Costa do PT de Pernambuco, é contrário à antecipação das eleições presidenciais ou à convocação das eleições gerais.

(Humberto Costa) Acho que a maneira de enfrentarmos a crise é rejeitarmos o impedimento e logo em seguida, a presidenta Dilma fazer uma conclamação de todo o país para fazermos um pacto político até 2018 que preveja a possibilidade de termos o mínimo de estabilidade política no Brasil.

(Repórter) Uma eventual antecipação das eleições presidenciais depende da aprovação de uma Proposta de Emenda à Constituição, que ainda não foi apresentada.

 

Radio Senado

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

Câmara campinense aprova reajustes salariais

Foto: Ascom A Câmara Municipal de Campina Grande debateu e aprovou nesta quarta-feira (21) o ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *