Vídeo: Revista no presídio de Guarabira e suspensão das visitas gera confusão e protesto por parte de familiares de detentos

Por Juka Martins em 11/09/2021 às 14:46:50

Uma revista realizada na manhã deste sábado (11) no presídio João Bosco Carneiro, de Guarabira-PB, provocou uma confusão dentro da penitenciária e protestos por parte de parentes e familiares dos presos que, do lado de fora, observavam a movimentação e ficavam a cada instante mais preocupados com a integridade física dos mesmos.

Do lado de fora, o que dava para ver era uma movimentação intensa por parte de policiais e agentes penitenciários tanto na entrada principal quanto nas guaritas. A cada disparo de balas de borracha, efetuados pelos policiais, os patentes se desesperaram ainda mais.

O Padre Adauto Tavares, da Paróquia de Nossa Senhora de Guadalupe, foi até o presídio para tentar ajudar de alguma forma, mas para a sua própria segurança, foi orientado a não entrar e foi embora.

O Tenente Diniz, do 4º BPM, que estava coordenando o policiamento no local, conversou com a imprensa e com os familiares dos presos para dar explicações e tentar tranquilizar a todos.

Segundo ele, tudo começou por conta da morte do estuprador que foi encontrado morto dentro da cela onde estava. Precisou fazer uma revista nas celas, as visitas foram suspensas e alguns presos iniciaram um tumulto, que logo controlado pelos policiais penais com o apoio da Polícia Militar.

Os familiares dos detentos chegaram a fazer um bloqueio da Rodovia para chamar a atenção das autoridades, mas após uma conversa com a polícia, a pista foi liberada.

Assista ao vídeo abaixo e veja os detalhes e os relatos de familiares de presos e das autoridades que lá estiveram.


Da Redação

Comunicar erro

Comentários