Alexandre de Moraes manda prender professor de SC após vídeo convocando a participarem de atos desta terça

A determinação da prisão foi incluída no âmbito do inquérito das fake news, caso que é relatado pelo ministro.

Por Juka Martins em 08/09/2021 às 09:36:21

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes mandou prender um professor que reside em Otacílio Costa, região serrana de Santa Catarina, após um vídeo gravado por ele circular na internet. Agentes do presídio que fica em Lages, cidade próxima, teriam estranhado uma prisão ordenada diretamente pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

No vídeo, o professor supostamente teria convocado para os atos desta terça-feira (07), em alusão ao feriado da Independência do Brasil e à manutenção das liberdades. A determinação da prisão foi incluída no âmbito do inquérito das fake news, caso que é relatado pelo ministro.

O assunto foi repercutido no Boletim da Manhã desta segunda-feira (06). Para o jornalista Allan dos Santos, o ato constituiu mais um avanço inconstitucional do STF contra os cidadãos brasileiros e a presidência da República precisa tomar providências.

"Alexandre de Moraes já mostrou que não vai parar de atacar essas pessoas. [?] Não pensem vocês que o Alexandre de Moraes quer prender todas as pessoas, ele quer prender quem não é conhecido. Porque o Sérgio Reis, por exemplo, não tem mandado de prisão. [...] Mas até quando o Sérgio Reis for perseguido, só teve apoio do Zezé di Camargo, Roger do Ultraje a Rigor e não me lembro de outro nome conhecido nacionalmente que vieram em sua defesa. [...] Então, a omissão está nos levando a esse cenário e, óbvio, acaba aumentando a responsabilidade em cima dos ombros do presidente Bolsonaro", opinou.
Para ler a notícia completa no JCO clique aqui.

Fonte: TL/JCO

Comunicar erro

Comentários