Delegada Emilia Ferraz dá detalhes do caso Patrícia Roberta e diz que, segundo a família da vítima ela já teve um "namorico" com o acusado

Dra. Emília, delegada titular do caso, disse que diante dos indícios estão caracterizados os crimes de feminicídio e ocultação de cadáver.

Por Juka Martins em 28/04/2021 às 14:51:44

A delegada Em√≠lia Ferraz, da delegacia de homic√≠dios da capital paraibana, respons√°vel pelas investiga√ß√Ķes do assassinato da jovem Patr√≠cia Roberta que residia na cidade de Caruaru-PE conversou com a reportagem da R√°dio Correio de Jo√£o Pessoa e deu detalhes sobre o caso.

Segundo Dra.Em√≠lia, a fam√≠lia de Patr√≠cia informou a pol√≠cia de que a jovem e o acusado j√° tiveram um relacionamento chamado pela m√£e da jovem como "namorico" h√° 10 anos quando ambos estudaram juntos em Caruaru. A delegada disse também que j√° pediu cinco exames que poder√£o dizer a causa da morte de Patr√≠cia Roberta.

Confira na entrevista dada a repórter Sandra Macedo.


Por Juka Martins
Comunicar erro

Coment√°rios

Tapiocaria Silva