Atlético-MG oficializa retorno do treinador Cuca

O Atlético-MG oficializou na manhã desta sexta-feira, 5, o retorno de Cuca como treinador do seu time principal. No anúncio, o Galo exaltou o técnico,...

Por Juka Martins em 05/03/2021 às 15:16:49

O Atlético-MG oficializou na manhã desta sexta-feira, 5, o retorno de Cuca como treinador do seu time principal. No anúncio, o Galo exaltou o técnico, responsável por levar o Galo ao título inédito da Copa Libertadores da América, em 2013 e que assinou contrato válido por duas temporadas. “Comandante do Atlético na histórica conquista da Copa Libertadores da América de 2013, Cuca reúne as qualidades que a nova diretoria procura: é um técnico vencedor, que acredita na base como fator de renovação, valoriza o trabalho em grupo e é profissional íntegro”, descreveu o clube.

Cuca chega para ocupar a vaga deixada por Jorge Sampaoli, argentino que pediu demissão do Atlético-MG para aceitar uma proposta do Olympique de Marseille, da França. Junto com o treinador, chegam Avlamir Stival (Cuquinha), primeiro auxiliar; e Eudes Pedro, segundo auxiliar. Além deles, passa a integrar a equipe o preparador físico Cristiano Nunes, que estava no Internacional na última temporada. “Estamos muito felizes com a chegada do Cuca”, disse o presidente Sérgio Coelho. “Vamos, juntos, construir uma trajetória de vitórias.”

No comunicado, o clube mineiro também abordou o escândalo de 1987, quando Cuca (então jogador) e os companheiros de clube, Eduardo Hamester, Fernando Castoldi e Henrique foram acusados de terem tido relação sexual com uma menina de 13 anos, durante uma excursão do Grêmio em Berna, na Suíça – eles ficaram presos no local por um mês. No entendimento do Atlético-MG, apesar de ter gerado repercussão negativa entre torcedores, o assunto está superado . “Sobre os antigos episódios envolvendo o nome do treinador (e que vieram à tona recentemente), o Clube entende que o assunto está superado, em face das últimas declarações dadas por ele. O Clube Atlético Mineiro afirma confiar no treinador, em suas palavras e, principalmente, em sua conduta: sempre proba e séria, inclusive durante o período em que treinou o nosso time. O Clube afirma, ainda, ter absoluto respeito pelas mulheres, defende a bandeira da igualdade e repudia qualquer ato de violência ou discriminação, contra quem quer que seja.”

O treinador volta ao Galo após uma boa temporada no Santos, onde conseguiu chegar à final da Libertadores, ainda que tenha enfrentado diversas dificuldades. Agora, ele chega para tentar continuar a sua história gloriosa no Atlético-MG, onde também conquistou os títulos do Estadual em 2012 e 2013, além do vice do Brasileiro em 2012. Ao todo, ele dirigiu a equipe alvinegra em 153 jogos, com 80 vitórias.

Fonte: JP

Comunicar erro

Comentários

Tapiocaria Silva