Dupla surpreende comerciante e leva malote com R$ 52 mil, em Guarabira

Por Juka Martins em 21/01/2021 às 10:23:44

Um comerciante de Guarabira foi mais uma vez alvo da a√ß√£o criminosa de bandidos. Passava das 13h desta ter√ßa-feira (19) quando o jovem Eduardo, neto do comerciante Gama, propriet√°rio de um mercadinho no bairro Novo, chegava nas imedia√ß√Ķes da ag√™ncia da Caixa Caixa Econômica Federal em um carro com o objetivo de realizar um depósito de valores, quando foi surpreendido por uma dupla que estava numa motocicleta, que anunciou o assalto de arma em punho e levou um malote contendo aproximadamente R$ 52 mil em espécie.

Eduardo estava em companhia do seu tio, mas nada puderam fazer para evitar o assalto. Eles saíram ainda em persegui√ß√£o aos criminosos pelas ruas do bairro Novo, mas n√£o conseguiram alcan√ßar os criminosos, que fugiram no sentido Pirpirituba.

O mesmo comerciante j√° foi vítima de v√°rios assaltos em seu estabelecimento comercial. Em um deles, Gama se revoltou com os assaltantes e reagiu e o marginou atirou, mas n√£o o atingiu. Dessa vez, possivelmente ele foi seguido pelos marginais, que esperaram o momento em que ele saía do carro.

O relatório da Polícia Militar, divulgado no final da tarde de hoje, n√£o revelou o nome do comerciante nem o montando subtraído, mas fontes da polícia e de pessoas próximas à vítima confirmaram a informa√ß√£o.

Leia o relatório

Por volta das 13:00hs a guarni√ß√£o de R√°dio Patrulha, comandada pelo sargento Gellyson foi acionada pelo Copom, sendo informando que teria acontecido um roubo a pessoa nas imedia√ß√Ķes da Rua Sabiniano Maia.

Imediatamente a guarni√ß√£o chegou ao local e manteve contato com a vítima, a qual relatou que saía de seu carro quando foi abordado por dois indivíduos, os quais estavam em uma motocicleta de cor vermelha, onde um deles, armado com uma arma de fogo, anunciou o assalto e subtraiu uma certa quantia em dinheiro, tomando destino ignorado.

De posse dessas informa√ß√Ķes, v√°rias guarni√ß√Ķes diligenciaram à procura dos acusados, porém até o presente momento n√£o foram localizados. Através de informa√ß√Ķes e características dos indivíduos, colhidas no local, as dilig√™ncias continuam.

Do FontePB

Comunicar erro

Coment√°rios

Tapiocaria Silva