Atlético-MT volta aos treinos em Belo Horizonte com cuidados redobrados

O Atlético-MG retomou os trabalhos nesta terça-feira. Uma semana após realizar testes em todo o elenco, os jogadores e o treinador Jorge Sampaoli foram à [...]

Por Juka Martins em 20/05/2020 às 09:27:30

O Atlético-MG retomou os trabalhos nesta terça-feira. Uma semana após realizar testes em todo o elenco, os jogadores e o treinador Jorge Sampaoli foram à Cidade do Galo para as primeiras atividades. O treino foi cercado de cuidados, para que as orientações de distanciamento social fossem respeitadas.

Atletas que não participavam da atividade e comissão técnica usaram máscaras. Para evitar aglomerações no vestiário, os jogadores chegaram uniformizados, e foram divididos em horários espaçados. De acordo com o clube, espaços comuns, como fisiologia, cozinha, vestiários, hotel da concentração, academia e área de fisioterapia permaneceram fechados.

"É um passo que estamos dando. O objetivo, agora, é colocar pequenos grupos em contato novamente com o campo. Por mais que os atletas estivessem fazendo trabalhos físicos em casa, isolados, não é a mesma situação de trabalhar aqui, dentro da nossa estrutura do CT", afirmou o diretor médico do clube, Rodrigo Lasmar.

"Não existe outro setor na economia que testou todos os seus funcionários antes de abrir suas portas. Quando a gente fala de supermercado, farmácia, indústria, ninguém fez tanta avaliação e teve tanto cuidado quanto estamos tendo. O coronavírus está aí, não viramos a página dessa situação difícil ainda, mas, com segurança, tranquilidade e respeitando todas as orientações, temos condições de voltar com segurança e ter de novo o Galo pelo menos aqui no CT, para dar um gostinho à torcida de que estamos voltando."

Em campo, Sampaoli comandou um treino tático na defesa, que não deu muitos indícios do que vai mudar na equipe. O volante Gustavo Blanc, que vem de uma série de lesões, foi uma das novidades no gramado – ele não atua desde 2018. A imprensa não pode acompanhar o trabalho.

O elenco agora deverá se adaptar a uma nova rotina. "Teremos os atletas divididos em pequenos grupos, de quatro ou cinco atletas, no máximo. Eles chegarão em horários fracionados, diferentes, para que não haja aglomeração na chegada e na saída. Fizemos uma dinâmica no campo em que esses grupos não se encontram. Nosso objetivo, nesse primeiro momento, é que um número pequeno de pessoas tenha contato", explicou Lasmar.

"Tudo está sendo feito com o máximo de critério, todos os equipamentos são descartáveis. Ou seja, todas as medidas protetivas estão sendo tomadas para que tenhamos um ambiente seguro e que possamos acompanhar o nosso passo a passo. Nessa primeira semana, a ideia é que não tenhamos atividades em ambiente fechado, apenas atividades no campo", pontuou o médico.

Ele esclareceu ainda o protocolo de limpeza que está sendo adotado pelo clube. "A partir da semana que vem, vamos avaliar com um pouco mais de cuidado e, dependendo dessa resposta ao longo da semana, poderemos liberar para pequenas atividades na academia, mas sempre com um número muito reduzido de pessoas, que vão fazer um rodízio. A cada troca, todos os equipamentos serão higienizados".

* Com Estadão Conteúdo

Fonte: JP

Comentários

Happy Kids
Tapiocaria Silva