Banner Juvenal

R√ļssia inicia transfer√™ncia tecnol√≥gica para produzir vacina no Brasil

  A vacina russa contra a covid-19 é chamada de Sputnik V e est√° em desenvolvimento pelo Instituto de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya. A vacina [...]

Por Juka Martins em 19/10/2020 às 18:43:48

 

A vacina russa contra a covid-19 é chamada de Sputnik V e est√° em desenvolvimento pelo Instituto de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya. A vacina utiliza a tecnologia de vetor viral, em que outro tipo de vírus é modificado e utilizado para transportar informa√ß√Ķes genéticas do novo coronavírus. Também funcionam dessa forma as vacinas da AstraZeneca/Oxford, da Johnson & Johnson e da Cansino.

A Sputnik V, entretanto, é a única entre elas a usar dois tipos diferentes de adenovírus humano como vetores virais, um em cada uma das duas doses previstas. As demais vacinas desse tipo utilizam apenas um tipo de adenovírus, humano ou de chimpanzé, para carregar informa√ß√Ķes genéticas do novo coronavírus e desencadear a resposta imunológica do organismo.

Durante a entrevista coletiva, o pesquisador Denis Logunov explicou que a estratégia de usar dois adenovírus diferentes busca produzir uma imunidade mais duradoura. Logunov também afirmou que os testes clínicos na Rússia n√£o precisaram ser interrompidos até o momento por qualquer ocorrência de efeitos adversos graves, e foram registrados apenas sintomas leves, como febre ou dor no local da aplica√ß√£o.

Fonte: Banda B

Comunicar erro

Coment√°rios

Happy Kids
Tapiocaria Silva