Banner Juvenal

Como Bolsonaro obteve um remédio de controle especial? Secom não responde

Por Juka Martins em 09/07/2020 às 02:26:35

Como Jair Bolsonaro obteve hidroxicloroquina? Procurada por O Antagonista desde a manh√£ de hoje, a Secom ainda n√£o respondeu.

Desde 20 de mar√ßo, cloroquina e hidroxicloroquina est√£o sujeitas à Receita de Controle Especial em duas vias, "sendo a 1¬™ via retida no estabelecimento farmac√™utico e a 2¬™ via devolvida ao Paciente", conforme resolu√ß√£o da Anvisa.

Na versão mais recente do chamado Anexo I da agência, publicada em 16 de abril, os medicamentos ainda estavam lá.

O "Anexo I" inclui as "Listas de Subst√Ęncias Entorpecentes, Psicotrópicas, Precursoras e Outras sob Controle Especial".

Cloroquina e hidroxicloroquina fazem parte da lista C1, de subst√Ęncias "sujeitas à Receita de Controle Especial em duas vias".

A Secretaria de Saúde de Goi√°s, por exemplo, elaborou no fim de mar√ßo um guia de perguntas e respostas sobre as drogas.

"Eu posso comprar ou vender medicamentos à base de Cloroquina e Hidroxicloroquina sem receita médica?

Resposta: N√£o. A ANVISA publicou a RDC n¬ļ 351/2020, com ela os medicamentos à base de CLOROQUINA e HIDROXICLOROQUINA ficam sujeitos à Receita de Controle Especial em duas vias, sendo a 1¬™ via retida no estabelecimento farmac√™utico e a 2¬™ via devolvida ao Paciente".

Além de perguntar à Secom, O Antagonista também pediu à Presid√™ncia, via Lei de Acesso à Informa√ß√£o, a documenta√ß√£o usada pelo presidente para ter acesso ao medicamento.

Bolsonaro j√° exibiu v√°rias vezes caixinhas dos remédios. Em mar√ßo, na porta do Alvorada, ofereceu de brincadeira: "ouvi dizer que t√° custando um pau cada um no c√Ęmbio negro aí (¬Ö) Fazer negócio, pô, bora".

Por O Antagonista

Comunicar erro

Coment√°rios

Happy Kids
Tapiocaria Silva