Home / Destaque / Mais de 5 mil motoristas paraibanos foram flagrados ‘voando baixo’ nas estradas

Mais de 5 mil motoristas paraibanos foram flagrados ‘voando baixo’ nas estradas

adfd-620x403

Flagrantes de abuso extremo nas rodovias federais paraibanas foram feitos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF-PB) durante o carnaval deste ano. Mais de 5,4 mil motoristas foram flagrados ‘voando baixo’ em cinco dias de operação. Na BR-230 um veículo foi flagrado a 181 quilômetros por hora. O saldo positivo da ação dos agentes rodoviários ficou por conta da redução nos números de acidentes. Nenhuma morte foi registrada nas BRs paraibanas.

Contudo, motoristas foram flagrados trafegando a 157, 159, 164 e 169 quilômetros por hora, em trechos cuja velocidade máxima permitida é de 100. Irresponsabilidades também foram cometidas por profissionais do trânsito: um caminhão estava circulando a 144 Km/h e um motorista que realizava transporte de Produto Perigoso, deslocava-se a uma velocidade de 116 Km/h, quando a máxima permitida era de 80 Km/h.

Acidentes apresentam redução de 33%

Nas BRs que passam pela Paraíba o número de acidentes diminuiu 33% no comparativo com o ano passado, levando em consideração números absolutos. Não houve registro de óbito durante a operação. Em 14% das ocorrências os acidentes foram considerados graves e apenas 13% das vítimas envolvidas foram considerados feridos graves. Quanto aos acidentes graves, 50% tiveram a participação de veículos de duas rodas (motocicletas e ciclomotores). Dentre as principais causas de acidentes predominaram a falta de atenção, ingestão de álcool, velocidade incompatível e não manter distância de segurança.

911bb32ec571c57dd6953d6b56c2a9b0

Folia interrompida pelo álcool

Durante a operação 1.729 testes do bafômetro foram realizados e 63 condutores foram tirados do volante por dirigirem embriagados. Desses, sete foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil por cometerem o crime de embriaguez ao volante.

O caso mais extremo de embriaguez aconteceu na cidade de Patos, Sertão paraibano. Durante uma ronda, os policiais perceberam uma caminhonete VW Saveiro ziguezagueando na rodovia e quase colidindo com outros dois veículos. Ao realizar a abordagem, os agentes se depararam com um homem de 70 anos com visíveis sinais de embriaguez e afirmando que havia tomado uma grande dose de cachaça. O valor medido no teste foi 1,45 mg/L, 480% a mais do valor necessário para caracterização do crime de embriaguez ao volante previsto no CTB.

Educação Para O Trânsito – Na Operação Carnaval as ações de educação para o trânsito também fizeram parte da programação. Ao todo, 3.441 pessoas foram sensibilizadas. O objetivo das ações foi orientar os motoristas através de vídeos educativos sobre os perigos nas rodovias e os principais comportamentos nocivos que devem ser evitados. Velocidade e alcoolemia foram os temas das palestras, além dos vídeos do cinema rodoviário e das abordagens educativas.

 

 

Correio da Paraíba

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

Vereadores de Bananeiras aprovam projeto de lei que garante isenção de IPTU para portadores de doenças crônicas

Os vereadores da Câmara de Bananeiras, PB, aprovaram em sessão ordinária projeto de lei do ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *