Home / Destaque / Lauremília aguarda posição de Cícero Lucena para definir sua participação na disputa eleitoral em João Pessoa

Lauremília aguarda posição de Cícero Lucena para definir sua participação na disputa eleitoral em João Pessoa

28012016080648

A presidente municipal do PSDB em João Pessoa, Lauremília Lucena, comentou sobre a decisão do seu esposo, o ex-senador Cícero Lucena, de se afastar da vida política na Paraíba. Para ela, ainda há a possibilidade de ele voltar atrás e, pelo menos, oferecer apoio a alguma candidatura nas eleições deste ano. Ela afirmou que não tomará nenhuma decisão que não seja de acordo com o posicionamento dele.

Lauremília disse que embora tenha recebido, na última quinta-feira (11), os vereadores da legenda para conversar sobre um possível apoio do PSDB à pré-candidatura à reeleição de Luciano Cartaxo (PSD), ela ainda vai conversar com Cícero Lucena para definir como vai se posicionar nas próximas eleições.

“Ter recebido os vereadores não significa que eu vou trabalhar pelas eleições. Eu sou uma pessoa que estou aqui para ajudar, quero somar. Mas também não posso fazer nada contrário a Cícero. Ele fez uma opção de se afastar e não sei se ele dará sua contribuição nesta eleição a algum candidato, isso é uma decisão dele e eu ainda não sei. Mas depois é que vendo o andar das coisas eu decido o meu futuro. Mas eu quero ajudar, quero que o PSDB seja forte”, afirmou.

Cícero Lucena divulgou nota em julho de 2014 declarando seu afastamento da atividade política na Paraíba. Além de afirmar que não iria disputar nenhum mandato nas eleições, ele disse que iria participar apenas da campanha do senador mineiro Aécio Neves à presidência da República.

Somente no segundo turno, ele entrou na campanha para apoiar Cássio Cunha Lima (PSDB) na disputa contra Ricardo Coutinho (PSB) pelo Governo do Estado.

 

giropb

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

Ações da Petrobras caem 14,5% e dólar sobe com greve de caminhoneiros

A decisão da Petrobras de reduzir e congelar o preço do diesel por 15 dias gerou um ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *