Home / Destaque / CORRUPÇÃO, FALTA DE ÉTICA E O OPORTUNISMO POLÍTICO PERMEIAM A AÇÃO DE PARLAMENTARES EM BRASÍLIA E NO AMAZONAS; VEJA NOMES

CORRUPÇÃO, FALTA DE ÉTICA E O OPORTUNISMO POLÍTICO PERMEIAM A AÇÃO DE PARLAMENTARES EM BRASÍLIA E NO AMAZONAS; VEJA NOMES

20160316212232alckmin1

 

 

Aécio Neves e Geraldo Alckmin foram vaiados em plena avenida paulista no domingo passado, durante as manifestações populares contra a corrupção e o governo do PT.

Eles não entenderam que a sociedade não busca só a mudança de governo, quer mudança de hábito no trato com a coisa pública.

O PSDB no governo nunca foi exemplo de santidade, aliás, basta lembrar que o a emenda constitucional que permitiu a reeleição de Fernando Henrique Cardoso foi comprada, contando com a ajuda dos políticos do Amazonas, Amazonino Mendes e Pauderney Avelino. Tanto aqui, quanto lá, os aproveitadores e oportunistas agem cinicamente.

aecioae

No final de semana, o ex-deputado estadual Chico Preto, através das redes sociais reivindicava a paternidade pelo não pagamento de um precatório de quase cem milhões de reais à construtora Andrade Gutierzz. Foi desmentido pelos promotores de Justiça, já que pagamento não foi efetuado por interferência do Ministério Público Estadual junto ao presidente do Tribunal de Justiça, à época, Ari Moutinho da Costa.

20150204134208serafim_1

Na mesma linha de esperteza do ex-prefeito de Manaus, Serafim Corrêa ataca o prefeito Artur Neto.

O deputado não pode esquecer que já foi prefeito, e foi o único no Brasil que não conseguiu se reeleger; isso, sozinho, já diz o fiasco da sua gestão.

Até o Alfredo Nascimento foi reeleito. Além da gestão pífia, até hoje responde na Justiça ação por improbidade administrativa pela desapropriação e doação de um área para a igreja do pastor René Terra Nova, em troca de apoio político para eleger seu filho deputado federal.

O superfaturamento de mais de dez milhões de reais na obra do viaduto do Coroado, que não concluiu também, é objeto de ação de improbidade na Justiça estadual.

Por sua vez, a deputada estadual e escrivã de polícia Alessandra Campelo, que largou o PC do B da Vanessa e do Eron para se abrigar no PMDB do Eduardo Braga, resolveu posar de vestal da honestidade e da ética.

Alessandra foi Secretária de Esportes na cota do PC do B, e se elegeu usando a estrutura da secretaria durante o governo Omar Aziz. Agora cospe no prato que comeu e desmerece o governo Melo.

06_ALESSANDRA-CAMPELO-PCdoB_EP-13-575x381

A parlamentar não pode esquecer que suas contas foram reprovadas pelo Tribunal de Contas e ficará inelegível, e não adianta se pegar com o seu novo chefe, Eduardo Braga, que também precisa de protetor já que a Lava-Jato chegou para valer ao ministro.

A sociedade amazonense sabe muito bem distinguir quem são seus homens e mulheres públicos que merecem respeito.
portaldozacarias

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

Vereadores de Bananeiras aprovam projeto de lei que garante isenção de IPTU para portadores de doenças crônicas

Os vereadores da Câmara de Bananeiras, PB, aprovaram em sessão ordinária projeto de lei do ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *