Home / Geral / Volume de água de Boqueirão chega a 7%

Volume de água de Boqueirão chega a 7%

boqueirao

 O consumo de água do açude Epitácio Pessoa, conhecido como açude de Boqueirão, no Agreste paraibano, durante a realização do Maior São João do Mundo 2016, em Campina Grande, foi o segundo menor do ano em comparação com os mesmos períodos entre os meses anteriores. O menor consumo ocorreu durante o mês de janeiro. O São João de Campina Grande aconteceu entre 3 de junho até o dia 3 de junho e o consumo de água com a festa preocupou a população.

Entre os dias 3 de junho e 3 de julho, quando ocorreu a festa junina, o nível do açude reduziu de 37,955 milhões de metros cúbicos para 35,250 milhões, tendo uma queda de 0,65% no nível de água. Os cálculos foram feitos com base no monitoramento diário divulgado pela Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa).

O período em que houve o maior consumo da água do açude este ano foi entre 3 de abril e 3 de maio deste ano, considerado o intervalo de dias do mesmo período do São João. Segundo a Aesa, o nível caiu de 43,003 milhões de metros cúbicos para de água para 40,822 milhões, tendo uma redução de 1,01% da capacidade total. Na sexta-feira (16), a água no reservatório chegou a 7% da capacidade de volume total, batendo um novo recorde negativo desde a fundação de Boqueirão e primeira sangria do açude, no fim da década de 50.

A queda no volume de água no período do São João de Campina Grande foi menor que o mesmo período de dias entre 3 de dezembro a 3 de janeiro, 3 de fevereiro a 3 de março, 3 de março a 3 de abril, 3 de abril a 3 de maio e 3 de maio a 3 de junho.

Considerando a comparação com o Maior São João do Mundo, o período que teve a menor queda do volume este ano foi do dia 3 de janeiro ao dia 3 de fevereiro, quando o volume do açude caiu de 51,302 milhões de metros cúbicos para 49,001 milhões tendo uma queda de 0,55% do volume total.

Redação com AESA

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

douglas-lucena

Prefeito de Bananeiras promete pagar 13º dos servidores efetivos

Douglas Lucena, prefeito da cidade de Bananeiras Há quase dois anos o discurso da maioria ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *