Home / Destaque / Versátil, Plínio joga dos dois lados do campo e é candidato a xerife do Belo

Versátil, Plínio joga dos dois lados do campo e é candidato a xerife do Belo

O Botafogo-PB já tem um forte candidato a assumir a condição de xerife da zaga nesta temporada. Versátil, Plínio joga dos dois lados do campo. E isso ficou evidente no último sábado, no amistoso contra o Náutico. Único do time a atuar durante os 90 minutos da partida – que acabou empatada por 0 a 0 -, o zagueiro diz que ainda está tentando entrar no ritmo de jogo ideal e comemora a confiança do técnico Itamar Schülle.

dsc_0176_1

(Foto: Amauri Aquino / GloboEsporte.com)

E a busca por se condicionar completamente antes de as competições oficiais começarem foi justamente o que motivou Plínio a ir até o fim da partida contra o Náutico. Num jogo que Schülle aproveitou para testar vários jogadores, trocando quase todo o time para o segundo tempo, o zagueiro fez questão de ficar em campo, até para buscar mais entrosamento com alguns companheiros.

– Eu estou precisando treinar porque fui um dos últimos a chegar. Estou treinando apenas desde o dia 2. Ele (Itamar Schülle) perguntou se eu estava bem para voltar para o segundo tempo, eu falei que estava, que aguentava o tempo todo. É bom para ir pegando o ritmo. Eu fiquei 40 dias parado e jogar o tempo todo é importante para ir pegando o ritmo de jogo novamente – explicou Plínio.

– Houve uma falta de entrosamento com o time de baixo, porque eu trabalho muito com a equipe principal, mas com os de baixo nem tanto. Acho que a gente sentiu um pouco isso no segundo tempo. Mas isso é bom pela movimentação. A gente teve que correr bastante para marcar a equipe do Náutico. Acho que, pelo lado físico, o segundo tempo foi muito importante – emendou.

A torcida pode esperar muita garra, muita dedicação, muita vontade de vencer. Esse é o espírito que Itamar Schülle coloca para o grupo, um grupo vitorioso, que tem que brigar dentro do campo, que não tem bola perdida, e é com esse espírito que a gente vai chegar na estreia”
Plínio, zagueiro do Botafogo-PB

No primeiro tempo, Plínio formou a dupla de zaga com Magno Alves. Essa, aliás, deve ser a zaga titular nas competições oficiais. Já na segunda etapa, Marcelo Xavier entrou no lugar de Magno Alves. O mais importante na atuação de Plínio foi o fato de que, na primeira etapa, ele atou pelo lado esquerdo do campo e, na segunda, pelo direito.

Seguro na hora do desarme e jogando sempre de cabeça erguida na saída de bola, Plínio foi um dos pontos altos do Botafogo-PB no amistoso contra o Náutico. E, na opinião do camisa 3, todo o time tem se comportado bem em campo e, se continuar assim, a tendência é que o Belo entre forte nas competições deste primeiro semestre: Campeonato Paraibano, Copa do Nordeste e Copa do Brasil.

– O Náutico tem a base da Série B do ano passado. A gente jogou contra e sabe da qualidade da equipe deles. Acho que a gente tem que manter da mesma maneira nesses dois amistosos que temos fora agora, contra ABC e Náutico, e tentar repetir essa boa atuação, para chegar confiante na estreia (no Campeonato Paraibano).

O Botafogo-PB encara o ABC às 20h desta terça-feira, no Frasqueirão, em Natal. Hoje, o time treina pela manhã na academia e faz um trabalho técnico-tático à tarde na Maravilha do Contorno. Amanhã, às 16h, o time embarca para a capital do Rio Grande do Norte para o amistoso. O outro teste que o Belo ainda tem nesta pré-temporada é o jogo da volta contra o Náutico, dessa vez na Arena Pernambuco, em Recife, às 16h do próximo sábado.

Plínio, que deve seguir como titular nesses dois amistosos, ainda falou sobre o comando de Itamar Schülle e sobre a relação do time com a torcida.

dsc_0190_1

– A torcida pode esperar muita garra, muita dedicação, muita vontade de vencer. Esse é o espírito que Itamar Schülle coloca para o grupo, um grupo vitorioso, que tem que brigar dentro do campo, que não tem bola perdida, e é com esse espírito que a gente vai chegar na estreia. O torcedor aqui vem para o estádio, gosta da equipe, e isso nos motiva muito. Todo jogador gosta de ver um estádio com bastante torcida. O Botafogo é uma equipe muito grande, o torcedor vem, e isso nos empolga muito – finalizou.

O Belo estreia no Campeonato Paraibano no dia 30, contra o Paraíba, em Cajazeiras. Na Copa do Nordeste, o primeiro jogo está marcado para o dia 14 de fevereiro, contra o Sport, em João Pessoa. E na Copa do Brasil ainda não há data para estrear, mas o adversário já está definido: é o Linense.

 

 

(Foto: Amauri Aquino / GloboEsporte.com)

 

Amauri Aquino e Cadu Vieira/folhadobrejo

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

Raposa contrata meia ex-Treze

Deixando um pouco de lado toda confusão que envolve a eleição presidencial do clube, marcada ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *