Home / Esportes / Superataque do PSG pulveriza recorde de gols na primeira fase; veja números

Superataque do PSG pulveriza recorde de gols na primeira fase; veja números

O Paris Saint-Germain precisou de apenas cinco dos seis jogos programados para quebrar o recorde de gols da primeira fase da Liga dos Campeões. Ou melhor, pulverizá-lo. Com a fácil vitória sobre o Celtic por 7 a 1 nessa quarta-feira, o time francês chegou aos 24 gols – média impressionante de 4,8 por partida -, abrindo boa vantagem para a marca conquistada pelo Borussia Dortmund na temporada passada (21). E ainda falta a última rodada, onde voltará a enfrentar o Bayern de Munique.

  1. PSG (2017/18) – 24 gols (ainda falta um jogo)
  2. Borussia Dortmund (2016/17) – 21 gols
  3. Manchester United (1998/99) – 20 gols
  4. Real Madrid (2013/14) – 20 gols
  5. Barcelona (2016/17) – 20 gols

Neymar é o principal responsável por essa campanha, e as estatísticas mostram exatamente isso. É o artilheiro do time na Champions com seis gols, empatado com Cavani – o artilheiro do torneio é Cristiano Ronaldo, com oito. É também líder de assistências, com três, desta vez empatado com Mbappé. No site especializado “WhoScored”, a nota média do craque nesses cinco jogos disputados é altíssima: 9,64 – Mbappé é o segundo, com 8,25, e Cavani é o terceiro, com 8,17.

PSG na Champions

Gols Assistências
Neymar – 6 Neymar – 3
Cavani – 6 Mbappé – 3
Mbappé – 3 Verratti – 2
Kurzawa – 3 Kurzawa – 2
Daniel Alves – 2 Rabiot – 2
Verratti – 2 Marquinhos – 1
Di María – 1 Draxler – 1
Lustig (Celtic) – 1 gol contra Di María – 1
Lo Celso – 1

Apesar dos repetidos shows dentro de campo, os jogadores do PSG são cautelosos ao analisar o recorde e o grande momento vivido pela equipe de maneira geral. Daniel Alves, por exemplo, destacou o equilíbrio do time, mas pediu prudência.

– Acredito que estamos numa linha muito boa, mas não podemos confundir essa competição com o estado de forma em que estamos neste momento. Temos que ser prudentes, independentemente dos resultados que estamos obtendo. É uma competição muito difícil. Quando chegar a fase eliminatória, vai se tornar mais difícil ainda. Porém, estamos numa linha muito boa, de equilíbrio. Não são só os gols que fazemos, por mais que isso seja o mais visível. Vai chegar à final e ganhar quem for equilibrado durante o torneio – disse o lateral-direito.

Neymar e Cavani dividem a artilharia do PSG na Champions, com seis gols cada (Foto: REUTERS / Charles Platiau)

Neymar e Cavani dividem a artilharia do PSG na Champions, com seis gols cada (Foto: REUTERS / Charles Platiau)

Neymar, por sua vez, minimizou o 7 a 1 sobre o Celtic e valorizou a atuação do time todo. Vale lembrar que o PSG também tem a melhor defesa desta Liga dos Campeões, ao lado do Barcelona, com apenas um gol sofrido.

– Estou feliz pela partida, pela vitória. Isso é o mais importante, independentemente do placar. Nosso time impôs um ritmo de jogo forte depois que tomamos o gol. Mostramos cabeça boa, porque tomar gol no começo é ruim, e é uma coisa à qual devemos ficar atentos para a próxima fase. Mas parabéns a todos pela partida de hoje – afirmou o camisa 10.

O PSG volta a campo pela última rodada da fase de grupo da Champions no dia 5 de dezembro, em Munique, contra o Bayern. Já classificados às oitavas do torneio, os franceses só perderão a primeira posição do Grupo B se forem derrotados por mais de 3 a 0, uma vez que venceram o rival alemão por 3 a 0 em Paris, e o confronto direito é o primeiro critério de desempate.

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

No Maracanã, Flamengo decide título da Copa Sul-Americana contra o Independiente

O Flamengo tenta nesta quarta-feira, a partir das 21h45, voltar a conquistar uma taça internacional ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *