Home / Geral / Saúde oferece aparelhos auditivos em unidades da rede estadual

Saúde oferece aparelhos auditivos em unidades da rede estadual

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), oferta aparelhos auditivos gratuitamente à população. Para ter acesso ao serviço, os pacientes devem procurar os hospitais de referência para reabilitação auditiva: o Hospital General Edson Ramalho e a Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad).

A prótese auditiva se chama Aparelho de Amplificação Sonora Individual (AASI) e a busca se dá através de demanda espontânea. “O paciente não precisa, necessariamente, passar pela Atenção Básica. Os serviços de referência no Hospital Edson Ramalho e na Funad disponibilizam consulta médica com especialistas (otorrinolaringologista, fonoaudiólogo), exames e diagnóstico”, informou o coordenador da Área Técnica de Saúde da Pessoa com Deficiência da SES, Hélio Soares.

O usuário com dificuldades ou sintomas de perda auditiva deve procurar o acesso ao serviço. A orientação é levar documentos pessoais (identidade e CPF), cartão SUS e exames feitos em outras unidades, caso os tenha realizado.

“Através da consulta médica e dos exames, o especialista identifica qual o grau de perda auditiva do paciente. Caso o diagnóstico indique a utilização da prótese, é feita a seleção do aparelho e começa a pré-moldagem. Quando a prótese selecionada para o paciente chega à instituição, o serviço social entra em contato para marcar a entrega”, explicou a coordenadora do Núcleo de Reabilitação Auditiva da Funad, Doriella Sobreira.

A entrega do AASI é rápida – em média de 45 a 60 dias. Após a entrega, é feito, ainda, o acompanhamento do paciente para possíveis ajustes no equipamento. “Mesmo com as facilidades, é bom alertar a população sobre a importância da prevenção. Usar frequentemente fones de ouvido, escutar sons muito altos por períodos prolongados e usar objetos para coçar o ouvido são atitudes que podem comprometer a audição. Evitar é sempre melhor do que corrigir. Ao identificar qualquer dificuldade na audição, indicamos buscar os serviços de referência, pois a reabilitação pode corrigir danos”, informou Hélio Soares.

AASI no SUS – Os aparelhos de amplificação sonora individual (AASI) têm como princípio básico de seu funcionamento  a captação do som ambiente, sua amplificação e tratamento do sinal acústico; e o direcionamento do sinal amplificado e tratado para a orelha, via conduto auditivo externo, sempre que as condições anatômicas permitirem, ou via transmissão óssea, quando houver algum impedimento, como alguns tipos de malformações.

De modo geral, os critérios para recebimento do AASI pelo SUS são:

– adultos com perdas auditivas bilaterais, com média em 40dB;

– crianças com perdas auditivas bilaterais, com média em 30dB;

– crianças com perdas mínimas, sendo justificada pelo médico;

– perdas unilaterais justificadas pelo médico (dificuldade de integração social e profissional);

– outros casos após avaliação médica.

Casos onde não há indicação de AASI pelo SUS :

– intolerância a amplificação devido ao desconforto acústico intenso;

– anacusia (perda total ou parcial da audição) unilateral com audição normal no ouvido contralateral.

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

Agentes de viagens da Argentina e Paraguai se surpreendem  com belezas naturais do litoral da Paraíba

Se depender do encantamento do grupo de 12 agentes de viagens argentinos e um paraguaio ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *