Home / Geral / Ricardo se reúne com presidente do Tribunal Regional do Trabalho

Ricardo se reúne com presidente do Tribunal Regional do Trabalho

ricardo-trt ricardo-trt1

O governador Ricardo Coutinho recebeu, nessa quinta-feira (17), a visita do atual presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), desembargador Ubiratan Moreira Delgado e dos desembargadores Eduardo Sérgio de Almeida e Wolney de Macedo Cordeiro, eleitos, respectivamente, presidente e vice-presidente do TRT para o biênio 2017/2018. Durante o encontro, que aconteceu na Granja Santana, o governador recebeu o convite para a solenidade de posse do novo presidente do TRT que será realizada no dia 9 de janeiro de 2017.

Ricardo agradeceu o convite entregue pelos desembargadores e comentou sobre as parcerias entre os órgãos: “O Tribunal Regional do Trabalho é um parceiro importante do Governo do Estado. Estamos sempre abertos ao diálogo com este órgão de grande relevância. Pretendo estar presente na posse dos desembargadores Eduardo Sérgio de Almeida e Wolney de Macedo Cordeiro, no início do próximo ano. Tenho certeza que as parcerias entre essas duas instituições continuarão”.

“Nessa visita de cortesia viemos agradecer ao governador pelas parcerias feitas durante meu mandato na presidência do TRT, bem como convidá-lo pessoalmente para a posse do presidente eleito que será em janeiro. Acho essencial o bom relacionamento do Tribunal Regional do Trabalho com as instituições e com a sociedade”, pontuou o presidente do TRT, Ubiratan Moreira Delgado.

De acordo com o presidente eleito do TRT, Eduardo Sérgio de Almeida, os dois órgãos continuarão parceiros na próxima gestão. “Tudo o que for útil para sociedade e para a prestação jurisdicional nós implantaremos, vamos seguir com as parcerias existentes e se possível, iniciaremos outras”, observou.

 

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

douglas-lucena

Prefeito de Bananeiras promete pagar 13º dos servidores efetivos

Douglas Lucena, prefeito da cidade de Bananeiras Há quase dois anos o discurso da maioria ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *