Home / Destaque / Ricardo diz que Brasil tem que aprender a não reproduzir mazelas da ditadura: ‘é preciso estar atento’

Ricardo diz que Brasil tem que aprender a não reproduzir mazelas da ditadura: ‘é preciso estar atento’

O governador Ricardo Coutinho (PSB), comentou após entrega do relatório da Comissão da Estadual da Verdade e da Preservação da Memória nesta quarta-feira (13), que é preciso reconhecer o passado para ter a capacidade de construir um futuro melhor e mais democrático para o país.

De acordo com o gestor, o relatório se pretende a apontar para as gerações que qualquer forma de ditadura, ‘mesmo as travestidas de democracia, não serve para a população’.

“Não é só uma tomada de poder como em 1964 por um segmento ou instituição como foi com os militares, mas quando você nega, até sob o manto de uma falsa democracia, os direitos fundamentais da pessoa humana e entre eles o exercício da liberdade, de ser um elemento produtivo e ao mesmo tempo o acesso ao conhecimento”, disse.

Para Ricardo, o Brasil tem que aprender para não reproduzir – como vem fazendo hoje do ponto de vista da intolerância, ódio, racismo, segregação – tantas mazelas. O gestor lembrou que o relatório está sendo entregue quando o AI 5 faz 49 anos, onde o ato fechou o congresso e mudou muito o país “para a pior porque não se faz nada do ponto de vista da nação na base da tortura e repressão”.

“Precisamos estar atentos e fortes, de olhos abertos à sedução de discursos fáceis, fáceis de ser espalhados e em épocas de crise é preciso estar atento para isso e mais que nunca construir uma nação verdadeiramente democrática. É essa a intenção e promover a comissão”, concluiu.

Marília Domingues /Fernando Braz

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

Saiba como consultar CPF negativado sem sair de casa e sem pagar nada

Muitos brasileiros estão endividados e precisam fazer consulta de CPF para verificar a situação de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *