Home / Destaque / Renata vence a eleição e será a primeira mulher a governar Belém (PB)

Renata vence a eleição e será a primeira mulher a governar Belém (PB)

renata-300x225-300x225

A população de Belém (PB) elegeu, no domingo passado, a sua primeira prefeita após cinquenta e nove anos de emancipação política do município. Com a votação de 5.401 votos (50,90% dos votos válidos), Renata Christinne (PMDB), esposa do ex-prefeito Roberto Flávio, tendo como vice-prefeito eleito o ex-vereador Zé Santana, derrotou o atual prefeito Edgard Gama (PSB), o qual obteve 4.038 votos (38,05% dos votos válidos). Maioria de 1.363 votos pró Renata, umas das maiores diferenças já registradas nas eleições municipais realizadas em Belém.

Por outro lado, o atual prefeito Edgard Gama entra para a história política de Belém como o primeiro prefeito não reeleito, apesar de ter recebido o apoio da empresária Aline Barbosa, proprietária da Indústria Alimentícia 03 de Maio, do empresário e deputado estadual Ricardo Marcelo e sua esposa Crisneilde, do governador Ricardo Coutinho e da maior bancada de vereadores da Câmara Municipal, ou seja, do maior grupo político e econômico já formado em Belém.

Em terceiro lugar na eleição, o ex-prefeito Tarcísio Marcelo (PSD), irmão do deputado Ricardo Marcelo e da empresária Aline Barbosa, os quais romperam com TM e apoiaram o candidato à reeleição derrotado, obteve 1.122 votos (10,57% dos votos válidos). Já o candidato Pinto (PSOL) obteve 51 votos (0,48% dos votos válidos).

Somados os votos de todos os candidatos concorrentes, a prefeita eleita de Belém, Renata Christinne, ainda venceria a eleição com a maioria de quase duzentos votos, comprovando a grande liderança política que se tornou ao lado do seu esposo Roberto Flávio, prefeito de Belém por dois mandatos (2005-2012), reeleito com 6.090 votos (60,04% dos votos válidos) em 2008.

correiobelenense

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

download-1

Lula presta depoimento como testemunha de defesa de Cunha

O ex-presidente Lula, arrolado como testemunha de defesa do ex-deputado Eduardo Cunha, será ouvido pelo ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *