Home / Geral / Profissionais de saúde discutem pré-natal de alto risco

Profissionais de saúde discutem pré-natal de alto risco

 

SONY DSC

 

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

Um problema preocupante e que vem sendo compartilhado por todos os municípios da regional Patos, o encaminhamento de pré-natal de alto risco, foi tema de oficina e ampla discussão na manhã desta quarta-feira 17 no auditório do Sebrae, o Rodoshopping de Patos, da qual participaram médicos, enfermeiros e coordenadores da atenção básica.

O Grupo Condutor da Rede Cegonha da 6ª Região de Saúde, rede esta que busca assegurar às mulheres o direito ao planejamento reprodutivo, atenção humanizada da gravidez ao pós-parto, diante um quadro preocupante na regulação desse serviço, solicitou junto à Gerência de Saúde um momento de discussão sobre o tema com a Maternidade Dr. Peregrino Filho.

Com o auditório praticamente lotado, o médico Paulo Athaide, diretor clínico da Peregrino fez ampla explanação sobre situações que levam à gravidez de alto risco, o rito dos protocolos que devem assegurar o cuidar da saúde da mulher. Houve debate e reivindicações de melhorias no atendimento da Maternidade. “Foi um momento muito importante para que os profissionais tirassem suas dúvidas com Dr. Paulo e que possamos melhorar essa atenção tanto na Maternidade como na Atenção Básica”, comentou a gerente regional de saúde, Liliane Sena.

Marivalda Xavier, que faz parte do Grupo Condutor da Rede Cegonha, também destacou a importância desse encontro realizado em Patos, na busca de qualificar ainda mais a atenção ao pré-natal, a interligação do serviço do município com o da Maternidade.

Um dos assuntos mais discutidos pelo público presente foi o da referência e contra referência, ou seja, o município deve fazer o encaminhamento das dificuldades encontradas no pré-natal e a Maternidade, que possui atendimento para gestação de alto risco, devolver para o município o que avaliou da saúde da mulher, o que precisa ser feito com a gestante até de seu retorno à Maternidade.

A direção clínica da Peregrino Filho orientou os municípios a encaminharem ao setor responsável as gestantes de alto risco às terça e quartas-feiras a partir das 7h20. “Acredito que a partir dessa oficina os serviços irão melhorar na atenção às gestantes. Houve cobranças a todos, seja médico, enfermeira, da Maternidade, do município”, comentou Marivalda.

 

 

Marcos Eugênio (6ª GRS)

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

RicardoCoutinho

Pagamento dos salários de abril dos servidores estaduais começa nesta quinta-feira

O governador Ricardo Coutinho anunciou, nesta segunda-feira (24), que o pagamento dos servidores estaduais começa ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *