Home / Policia / Polícias Civil e Militar realizam ação integrada e prendem em Fagundes suspeito por roubo majorado

Polícias Civil e Militar realizam ação integrada e prendem em Fagundes suspeito por roubo majorado

Mais uma ação integrada das polícias Civil e Militar da Paraíba realizada, na tarde desta quarta-feira (13), na cidade de Fagundes, região metropolitana de Campina Grande, visando combater crimes e buscar a paz social, resultou na prisão de Iago Breno da Silva Sarmento, 22 anos, por roubo majorado. A prisão se deu por meio de mandado expedido pelo Poder Judiciário. O trabalho foi realizado pela equipe da 11ª Delegacia Seccional de Queimadas, coordenada pelo delegado Danilo Orengo e a 3ª Companhia Independente do município de Boqueirão, comandada pelo capitão Figueiredo.

De acordo com levantamentos policiais, Breno teria sido preso em maio de 2014 por integrar uma quadrilha responsável por um assalto a uma residência localizada no bairro de Santo Antônio, em Campina Grande. O grupo, composto por quatro pessoas, foi desarticulado e todos integrantes presos dias após o roubo à residência. Solto meses depois, Breno não teria cumprido as normas estabelecidas pelo Juiz, o que levou a Justiça expedir mandado de prisão preventiva, solicitado e cumprido pela Polícia que já vinha investigando vários crimes na região.

Ainda na região de Fagundes, as equipes se deslocaram até a residência de Marcony Isllan da Silva Sarmento, irmão de Iago Breno, também preso na quadrilha desarticulada em 2014, porém ele não se encontrava na localidade. Dentro da residência, os policiais apreenderam uma motocicleta adulterada e algumas petecas de substância semelhante à maconha. A Polícia está investigando a participação de Iago em outros delitos. “O que se sabe é que Iago Breno não deixou o mundo do crime, inclusive apreendemos, na tarde de hoje, uma moto e maconha na residência do seu irmão”, ressaltou Danilo Orengo.

Contra a pessoa de Marcony Isllan, será instaurado um inquérito policial e um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), proveniente do material ilícito apreendido na sua residência. Já Iago Breno foi submetido à audiência de custódia e recambiado para o presídio do Serrotão, na cidade de Campina Grande.

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

Polícia prende em flagrante empresário do ramo de joias suspeito de praticar golpe contra 20 pessoas   

Uma ação conjunta das Delegacias de Defraudações e Falsificações (DDF) e Roubos e Furtos de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *