Home / Policia / Polícia realiza Operação Impacto e apreende mais de 100 kg de drogas, 23 armas de fogo e prende 37 suspeitos de crimes  

Polícia realiza Operação Impacto e apreende mais de 100 kg de drogas, 23 armas de fogo e prende 37 suspeitos de crimes  

    

A 25ª fase da Operação Impacto da Polícia Militar terminou com a apreensão de mais de 100 kg de maconha, 23 armas de fogo e a prisão de 37 suspeitos de porte ilegal de arma, tráfico de drogas, crimes contra a vida e contra o patrimônio, sendo cinco deles com mandados de prisão decretados pela Justiça. Nas cidades de João Pessoa e Santa Rita, a Impacto ocupou mais de 20 bairros com um reforço de 350 policiais, 60 viaturas, o helicóptero Acauã e drones de monitoramento, das 19h dessa sexta-feira (13) até às 3h da madrugada deste sábado (14).

Em Mandacaru, na capital, a operação prendeu o chefe do tráfico de drogas da comunidade Porto de João Tota e encontrou quase 100 kg de maconha enterrada em um quintal. O suspeito, de 22 anos, já tinha passagens pela polícia por formação de quadrilha e porte ilegal de arma, inclusive havia sido preso com um fuzil no ano passado. As outras apreensões de drogas na operação aconteceram em incursões nos bairros do Rangel e Padre Zé.

Ao todo, foram mais de 5 mil abordagens realizadas a pessoas, ônibus, motos, carros e em bares. As armas retiradas de circulação foram revólveres, espingardas e pistolas. A Impacto apreendeu ainda 133 comprimidos usados para causar alucinações, dos tipos anfetamina e artane.

Operações continuam – O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, que coordenou pessoalmente a Operação Impacto, disse que as ações irão continuar durante todo o fim de semana. “A Impacto foi uma das várias operações que começamos desde o feriado da quinta-feira, tendo ela reunido um incremento maior de policiais e de logística. As ações continuarão reforçadas com outras operações no decorrer deste sábado e domingo, com o objetivo de prender mais suspeitos de crimes, prevenir crimes contra a vida, contra o patrimônio, combater o tráfico de drogas e, principalmente, proporcionar sensação de segurança às pessoas”, destacou.

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

Polícia prende novamente suspeito de ter assaltado loja de telefonia na Epitácio Pessoa e ter feito reféns em 2016 

A Polícia Militar prendeu um suspeito de roubo, com uma réplica de arma de fogo, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *