Home / Destaque / Polícia prende em Santa Rita suspeitos de ataques a bancos com mapa de agências de JP

Polícia prende em Santa Rita suspeitos de ataques a bancos com mapa de agências de JP

35ca4d65-ddb6-41a7-aae1-7037e76cccde  bdb9d6d4-de4d-49cf-b789-344d58a09c1b e2047a4e-1f67-4e1f-9b16-352ef9c080f2

d4f0ad70-6cfe-4040-8ed5-553d386045ed48a31a4b-1abc-49b4-913e-3e5474889523

Dois homens e uma mulher foram presos, nessa segunda-feira (22), suspeitos de integrarem uma quadrilha responsável por ações contra bancos na Paraíba. Conforme informações do 7º Batalhão da Polícia Militar, os acusados foram presos em uma casa, no bairro de Tibiri, em Santa Rita, com um revólver calibre 38, munições e um mapa com marcações dos locais onde tem agências bancárias de João Pessoa.

O coronel Júlio César, que comanda o 7º Batalhão, destacou que a prisão foi realizada de forma integrada pelos policiais que fazem parte da 5ª Área Integrada de Segurança Pública (Aisp), e disse que um dos presos é acusado também de vários homicídios na capital. “Um deles tinha um mandado de prisão e é suspeito de vários homicídios ocorridos no bairro Padre Zé, na capital, inclusive é apontado como autor dos disparos que feriram um policial da Rotam durante incursão, também no Padre Zé”, contou.

Foram presos na operação Ivan Melo Torres, de 26 anos; Tiago Rodrigo Lima dos Santos, 23; e Alvanir Ferreira da Silva, 40. Os três foram apresentados na 14ª Delegacia Distrital, em Santa Rita. Os dois homens foram autuados por porte ilegal de arma e formação de quadrilha. A mulher vai responder pelo crime de favorecimento pessoal, que é quando ajuda a autores de crimes a fugirem de ação das autoridades policiais.

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

pedras-de-fogo

Polícia apreende mais uma arma de fogo em Pedras de Fogo

A Polícia Militar apreendeu, na noite desse sábado (3),  mais uma arma de fogo e ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *