Home / Destaque / Polícia Militar garante a segurança e tranquilidade aos participantes do Enem na Paraíba

Polícia Militar garante a segurança e tranquilidade aos participantes do Enem na Paraíba

A Operação Enem 2017 foi encerrada sem nenhuma ocorrência nos 413 locais de provas das 51 cidades paraibanas, sendo considerado pela Polícia Militar o ano mais tranquilo da história do exame na Paraíba. Desde o dia 5, a corporação montou um forte esquema de segurança com 1.500 policiais e 320 viaturas, fazendo as escoltas dos carros que conduziram as provas e os gabaritos, bem como o policiamento nos locais e entorno de onde foi realizado o Exame Nacional do Ensino Médio.

Toda a operação foi acompanhada em tempo real pelos três Centros de Comando e Controle instalados nas cidades de João Pessoa, Campina Grande e Patos, com representantes da Polícia Militar, Polícia Federal, Correios, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e Fundação Cesgranrio, que integrados davam soluções rápidas e precisas a qualquer tipo de eventualidade que pudessem surgir.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, acompanhou de perto todo o trabalho da operação e destacou a integração como fator principal para o resultado da ausência de ocorrências durante o Exame na Paraíba. “Esse é um dos momentos mais importantes da área da educação, que é a prova do Enem, que envolve sonhos e expectativas dos milhares de estudantes. Então a Polícia Militar teve o cuidado e responsabilidade para planejar os mínimos detalhes e chegou a esse resultado de paz e tranquilidade alcançado pela operação, que teve a integração com os outros órgãos envolvidos no Exame como fator primordial para o sucesso”, disse.

O coordenador adjunto de planejamento da Polícia Militar, capitão Onierbeth Elias, disse que a divisão em dois finais de semana que o Enem teve este ano não causou diferença para a parte da segurança. “A operação aconteceu em dois momentos, mas com a mesma estratégia que vem dando certo, pautada em um planejamento rigoroso e integração com os outros órgãos envolvidos. Não teve diferença do ponto de vista da segurança essa divisão e chegamos ao final da operação com esse marco de não termos nenhuma ocorrência registrada em todos os 413 locais de prova”, destacou.

A última escolta dos gabaritos de volta para as agências dos correios foi finalizada às 19h16 deste domingo (9). Não houve nenhum tipo de imprevisto nas escoltas e todas as provas e gabaritos foram transportados com o máximo de segurança possível.

Combate ao som alto – Este ano, a corporação adotou uma estratégia de, uma hora antes de começar o exame, percorrer os bares e outros locais de aglomerações de pessoas que ficavam perto das escolas, com o objetivo de evitar a incidência de som alto ou outras perturbações que pudessem atrapalhar a concentração dos candidatos.

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

Pesquisa da PBTur mostra que número de turistas argentinos bate recorde em outubro de 2017

O fluxo de turistas argentinos em João Pessoa em outubro deste ano, em relação a ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *