Home / Policia / Polícia desarticula quadrilha suspeita de tráfico de entorpecentes na Capital

Polícia desarticula quadrilha suspeita de tráfico de entorpecentes na Capital

19-11-16-prisao_quadrilha-2 19-11-16-prisao_quadrilha1

Os policiais da 6ª Companhia do 1º Batalhão desarticularam, nessa sexta-feira (18), uma quadrilha suspeita de vender comprimidos de ecstasy a estudantes da Capital. Os suspeitos, dois homens e uma mulher, foram presos em três bairros com 387 unidades da droga, através de uma operação coordenada pelo capitão Sidnei Paiva.

O oficial contou que a prisão dos suspeitos começou com uma abordagem a um estudante de 25 anos, na frente do Campus I da Universidade Federal da Paraíba, no bairro do Castelo Branco. “Com ele, encontramos 100 comprimidos de ecstasy e flagramos o suspeito conversado por um aplicativo de celular com o chefe do esquema criminoso, que era funcionário de uma faculdade do centro da Capital”, detalhou.

Os policiais foram até a faculdade e encontraram o suspeito, de 22 anos, que levou a PM até a casa dele, no bairro do Roger, onde estavam outros 100 comprimidos da mesma droga e duas balanças de precisão. O jovem revelou que contava com o apoio de uma estudante universitária, de 19 anos, que era responsável por guardar as drogas, no bairro de Mangabeira, e fazer o serviço de entrega também em festas de música eletrônica. Com ela, foram apreendidos outros 187 comprimidos e uma caderneta de ‘clientes’.

Com a prisão dos três, desarticulamos um esquema que fornecia este tipo de droga para pessoas de classe média alta em universidades e festas”, concluiu. O trio foi apresentado na Central de Polícia Civil, no bairro do Geisel.

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

41eeb4f888524123c6778ab280392e49_e

BALANÇO DAS OCORRÊNCIAS POLICIAIS DA 7ª CIPM (SOLÂNEA) DO FIM DE SEMANA

SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR 7ª COMPANHIA INDEPENDENTE ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *