Home / Policia / Polícia apresenta resultado da Operação Arataguis, que prendeu 19 pessoas em flagrante

Polícia apresenta resultado da Operação Arataguis, que prendeu 19 pessoas em flagrante

Um trabalho integrado da Polícia Civil através do Núcleo de Homicídios da 6ª Delegacia Seccional de Alhandra com a 1ª Companhia de Polícia Militar foi apresentado à imprensa nesta quarta-feira (3) às 10h no auditório da Central de Polícia no Geisel, em João Pessoa.

A ação que recebeu o nome de ‘Operação Arataguis’ teve como objetivo desarticular um grupo criminoso suspeito de comandar o tráfico de drogas e a prática de homicídios no Litoral Sul da Paraíba. Por quase três meses de investigação foram presas 19 pessoas em flagrante e 4 adolescentes apreendidos, além do recolhimento de nove armas de fogo, 54 munições, 402g de cocaína e aproximadamente 6 quilos de maconha.

De acordo com a delegada Flávia Assad, entre os suspeitos está Marcos Honório Junior, de 31 anos, conhecido como ‘Pará’. Ele é apontado como autor de vários homicídios motivados pelo controle do tráfico de drogas na região e para a demonstração de poder e força para a comunidade e para os integrantes do grupo criminoso. Marcos Honório Júnior e a mulher Ecilana Kellyvan Melo de Oliveira, de 33 anos, foram presos no município de São Gonçalo do Amarante no Rio Grande do Norte. Nesta ação a Polícia Civil da Paraíba contou com o apoio de policiais civis do Rio Grande do Norte.

Ainda segundo os levantamentos policiais, Marcos Honório Junior dividia o controle do grupo criminoso com o pai, Marcos Honório, que foi preso no bairro Jardim Veneza, na comunidade Beira Molhada em João Pessoa. “As investigações ficaram mais robustas após a incidência de vários crimes, principalmente homicídios na região de Alhandra e Caaporã. A prisão do Marcos Honório marca a desarticulação desta organização criminosa”, disse a delegada.

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

Polícia procura por bandidos que estão atacando motorista de Uber em Campina Grande

Nas imagens, é possível ver parte da abordagem criminosa (Foto: Divulgação/Márcio Rangel) A Polícia tenta ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *