Home / Notícias / Pesquisa do Procon-PB constata variação de até 33,37% nos preços da cesta básica na Capital

Pesquisa do Procon-PB constata variação de até 33,37% nos preços da cesta básica na Capital

marca_procon

A Autarquia do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor do Estado da Paraíba (Procon-PB), por meio do Setor de Pesquisa e Estatística, realizou uma pesquisa nos dias 21 e 22 de setembro, em supermercados populares de João Pessoa, onde detectou variações de até 33,37% nos preços das cestas básicas (exceto pão francês). Os itens que compõem a cesta básica são carne, leite, feijão, arroz, farinha, batata, legumes (tomate), café em pó, frutas (banana), açúcar, banha/óleo e manteiga.

Os dados são baseados no Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e, segundo a pesquisa, a cesta básica pode ser adquirida pelo menor valor de R$ 238,16 (Extra/Tambauzinho) até R$ 315,27 (Pão de Açúcar/Miramar), numa variação de quase 33,37%. Foi um total de 134 produtos pesquisados a partir dos 12 itens selecionados.

Considerando os preços de cada item, independente de supermercado, a pesquisa conclui ainda que o valor da cesta básica desta semana caiu no preço para R$ 198,81, com redução de R$ 4,16 em comparação a semana anterior. O preço médio da cesta básica foi de R$ 257,85.

No bairro dos Bancários, por exemplo, quatro supermercados foram avaliados e os menores preços foram encontrados, respectivamente, no supermercado Bem Mais (R$ 239,07), Todo Dia (R$ 241,85), Carrefour (R$ 247,62) e Extra (R$ 256,26).

Já o supermercado Bompreço, na Torre, no dia 8 de setembro estava com cesta básica no valor de R$282,76. Depois caiu nos dias 14 e 15 para R$ 257,62 e, mais recente, nos dias 21 e 22, voltou a registrar um leve aumento, chegando a R$ 266,71.

Para conferir a variação completa por produtos e supermercados pesquisados, basta acessar o seguinte endereço eletrônico: procon.pb.gov.br.

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

Projeto cria Exame de Ordem para Médicos, assim como OAB para Advogados

Assim como os bacharéis em direito podem advogar somente depois de serem aprovados pela prova ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *