Home / Geral / O Papa pede solidariedade e compromisso na vida cotidiana

O Papa pede solidariedade e compromisso na vida cotidiana

“Esta iniciativa promove uma causa que carrego no meu coração”: assim o Papa, em uma mensagem em vídeo, define o Simpósio internacional “Laudato si’. O cuidado da Casa Comum, uma conversão necessária à ecologia humana”, em andamento em San José, na Costa Rica. O evento é promovido pela Universidade Católica da Costa Rica, em colaboração com a Fundação Ratzinger. Assista ao vídeo aqui.

“Saúdo todos vocês que participam deste Simpósio organizado pela Universidade Católica de Costa Rica com a colaboração da Fundação Ratzinger. Agradeço ao Presidente da República pelo apoio dado a esta iniciativa, que promove uma causa que eu carrego no meu coração.

Com a Encíclica Laudato si eu pedi a atenção da humanidade e da Igreja para as questões mais urgentes relacionadas ao cuidado da nossa casa comum e ao presente e futuro dos povos que a habitam. Os problemas da destruição do ambiente natural são cada vez mais graves e as consequências para a vida das pessoas são dramáticas.

Para enfrentá-las, precisamos ter uma visão ampla das causas, da natureza da crise e de seus vários aspectos. Não nos é lícito diante dessa problemática mundial qualquer atitude negacionista. É essencial a colaboração de cientistas, sociólogos, economistas e políticos, bem como de educadores e formadores de consciência, porque sem uma verdadeira conversão de nossas atitudes e de nossos comportamentos cotidianos, as soluções técnicas não conseguirão salvar a nossa Casa Comum.

Como bem disse o Papa Bento XVI, é necessária uma ‘ecologia humana’, que coloque no centro o desenvolvimento integral da pessoa e faça um chamado à sua responsabilidade pelo bem comum, pelo respeito e o cuidado com as criaturas que Deus nos confiou.

Desejo de todo coração que este Simpósio dê um forte impulso à colaboração das Universidades Católicas – particularmente na América Latina e no Caribe – ao estudo dos problemas, do desenvolvimento da situação e das possíveis soluções; e também para sugerir propostas concretas, a fim de despertar uma maior responsabilidade no cuidado da Casa Comum, não só nas pessoas individuais, mas também nas comunidades políticas, sociais, eclesiais e, finalmente nas famílias.

São necessárias a solidariedade e o compromisso de todos. A Encíclica Laudato si é um chamado a todos e a cada um. É necessária a colaboração de todos, a fim de acolher a mensagem da Laudato si e traduzi-la para a vida concreta, para o bem e o futuro da família humana.

Obrigado pelo seu trabalho. Que Deus os abençoe.”

Por Rádio Vaticano

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país

Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *