Home / Destaque / Juíza é eleita presidente da AMPB e se compromete com avanços para magistrados

Juíza é eleita presidente da AMPB e se compromete com avanços para magistrados


O resultado ainda apresentou 1 voto nulo e 2 brancos (Foto: Reprodução/Google)

A juíza Maria Aparecida Sarmento Gadelha, titular do 3º Juizado Auxiliar Criminal da 1ª Circunscrição, representante da Chapa “UNIDADE E AVANÇO – História de Conquistas, com Novos Desafios”, foi eleita nesta quinta-feira (10) com 194 votos, contra 108 da candidata Michelini de Oliveira Dantas Jatobá. O resultado ainda apresentou 1 voto nulo e 2 brancos.

A nova representante da magistratura paraibana assegurou que “pretende manter uma magistratura de união e lutar pelo cumprimento de todas as propostas e avançar ainda mais, além de consolidar as vitórias que a classe vem obtendo ao longo desses últimos mandatos tão exitosos”, disse a presidente eleita ao comentar sobre as últimas gestões da Entidade. “Vamos juntos construir meios para melhorar cada vez mais a representação da magistratura”, concluiu Maria Aparecida.

As eleições foram conduzidas pelo juiz Isaac Torres Trigueiro de Brito (Presidente da Comissão Geral Eleitoral), que contou com o apoio dos juízes Fabrício Meira de Oliveira e Gustavo Procópio Bandeira de Melo, em João Pessoa; e dos juízes Hígia Antônia Porto Barreto, em Guarabira; Vandemberg de Freitas Rocha, em Campina Grande; José Milton Barros de Araújo, em Patos; e José Normando Fernandes, em Sousa.

Em Assembleia Geral Ordinária, no auditório do Ed. Plaza Center, em João Pessoa, os associados da AMPB apreciaram na manhã de hoje (10) e aprovaram por unanimidade, as contas apresentadas pelo contador da Entidade, que demonstrou as atividades financeiras da Associação durante a gestão do juiz Horácio Ferreira de Melo Júnior, de 2014 a 2016.

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

IMG_1284-e1493082553798

Polícia prende suspeito de matar agente de trânsito em blitz da ‘Lei Seca’ na PB

Rodolpho Carlos foi preso cerca de 90 dias depois do caso Foi preso nesta segunda-feira ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *