Home / Geral / Governo prepara Paraíba para driblar cenário econômico com investimentos no turismo    

Governo prepara Paraíba para driblar cenário econômico com investimentos no turismo    

pb-muito-mais-que-sol-e-mar

A Paraíba está em condições privilegiadas para a atração de investimentos no turismo, pois é o 3º no Nordeste no ranking de competição dos Estados e ainda ocupa a segunda posição em infraestrutura, 1º lugar em telecomunicações e energia elétrica e efetivou ajustes fiscais. A informação foi repassada pelo secretário do Turismo e Desenvolvimento Econômico (Setde), Lindolfo Pires, durante a solenidade  de inauguração da sede do Sindicato das Empresas de Hospedagem e Alimentação de João Pessoa (Seha-JP), na noite dessa quinta-feira (11).

Ainda no evento, Lindolfo disse que o Seha é uma entidade das mais importantes, pois o fomento do turismo depende muito do sucesso da indústria hoteleira e de alimentos. “Funciona como um cartão de apresentação, pois se o turista for bem atendido, fica satisfeito e volta. É no hotel que o turista entra e leva boa impressão. O Governo da Paraíba tem feito a sua parte que é dotar de infraestrutura o Estado e a iniciativa privada tem respondido, andando de mãos dadas para reforçar novos investimentos com a construção de hotéis, entre outros”, lembrou.

O secretário da Setde adiantou que até o final desse mês, o Governo  do Estado deverá preparar e assinar um decreto regulamentando o Distrito Industrial do Turismo em fase de criação e que deverá ser loteado com novos empreendimentos a serem instalados sob a administração da Cinep, responsável pela prospecção das novas empresas. “A hotelaria e alimentação são braços fortes do turismo, um setor que agrega mais renda num tempo mais rápido. A Paraíba está fazendo o seu dever de casa para que o turismo possa ser desenvolvido e fortalecido. Os investimentos feitos têm surtido o efeito necessário, e sem a iniciativa privada nada do que o governo faria teria receptividade. Estamos para ajudar, para colaborar”, destacou.

O presidente do Sindicato das Empresas de Hospedagem e Alimentação de João Pessoa (Seha-JP), Graco Parente, informou que a inauguração da sede da entidade representa mais um passo acertado e demonstra o seu crescimento, procurando investir na qualificação do público alvo. “O Governo da Paraíba deu um passo decisivo para desenvolver o setor com a construção do Centro de Convenções, que é um ponto decisivo para o aumento e a pouca perda na taxa de ocupação. O equipamento mais moderno da América do Sul com condições de abrigar quase 10 mil pessoas. Essa iniciativa foi decisiva e é mérito do Governo do Estado”, comemorou.

Graco lembrou que a Paraíba possui 100 unidades hoteleiras com 10 mil leitos e a alta temporada ainda é o verão, mas o Centro de Convenções desponta como uma opção para vencer as crises advindas na baixa temporada, onde o turismo corporativo e cultural desponta como alternativa.

O presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), Alexandre Sampaio, disse que o sindicato de João Pessoa está numa nova fase de revitalização, renovação, treinamento de mão de obra, troca de opiniões, além da excelência em gestão, que tem favorecido à profissionalização no atendimento dos empresários de forma qualitativa e quantitativa na gestão de Graco Parente.          Ele lembrou que a Paraíba possui uma situação privilegiada com um equipamento de turismo como o Centro de Convenções, fundamental num período de crise,para trazer movimento com um turista diferenciado que gasta, agrega e tem maior permanência no seu destino.

“João Pessoa, que é uma capital impecável, e a Paraíba com um produto turístico de valor estão preparadas para superação da crise no setor com um diferencial que agrega valor e em 2017 vai ter um mercado positivo. Cerca de 50% das capitais nordestinas vivem do turismo de negócios. Por conta do cenário econômico atual, os consumidores do turismo têm poupado mais, têm procurado pacotes e empresas que tenham um serviço com menor custo e mais qualidade, por isso, os empresários terão que rever sua gestão no ramo da hotelaria e outros serviços que exigirão melhor performance na administração dos negócios, com menor preço e mais qualidade”, destacou.

Alexandre Sampaio informou que todas essas atividades vão demandar maior preparação dos empresários e o sindicato vai poder auxiliar, ofertando treinamento qualificado e parcerias. “Produtos diferenciados com hotéis que têm propostas sustentáveis, roteiros dos cânions da Paraíba e turismo de aventura no interior serão apostas para a atração do turista nacional e internacional”, disse. A FBHA coordena 66 sindicatos patronais e possui 650 mil empresas filiadas no Brasil.

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

capa_04122016160840

Prefeito de Dona Inês destaca conquista do Selo Unicef Município Aprovado

Em seu programa semana de rádio, o Prefeito de Dona Inês, Antônio Justino, destacou neste ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *