Home / Entretenimento / Funesc inscreve para oficina de dança afro com Rogério Gomes 

Funesc inscreve para oficina de dança afro com Rogério Gomes 

oficina-danca-afro-foto-aldeia-sesc-danca

Em referência ao Dia da Consciência Negra, celebrado neste mês, a coordenação de Dança da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) realiza, no período de 23 a 25 deste mês a oficina “Afro é Belo” com Rogerio Gomes, bailarino e arte educador que integra, em sua pesquisa, elementos de dança contemporânea, danças populares e afro brasileiras.

As inscrições para a oficina custam R$ 50 e estão abertas até o dia 22 de novembro, na secretaria da Diretoria de Desenvolvimento Artístico e Cultural (DDAC) da Funesc, que funciona na no bloco administrativo, Rampa 1. O horário de atendimento é das 9h às 16h30.

Sobre a oficina – Estabelecendo ligação com um dos mais importantes rituais herdados dos povos africanos, o Candomblé, o artista investiga, em sua abordagem, vários ritmos extraídos da natureza: “as águas que nos purificam, os ventos que nos impulsionam, o ar que nos renova e a terra que nos alimenta.” Propõe uma retomada dos caminhos que o povo negro percorreu e percorre, (re) conhecendo a beleza da cultura afro.

O trabalho funde a linguagem contemporânea e o tradicional (Primitivo, Afoxé, Samba de Roda, Dança dos Orixás, Capoeira, Maracatu, Maculelê, Puxada de Rede e Coco de Roda, entre outros) numa proposta que tem como inspiradora Mercedes Baptista, grande mestra e divulgadora das danças Afro Brasileiras no Brasil e no mundo.

Rogério Gomes – Facilitador e Pesquisador de Dança Contemporânea, Danças Populares e Afro Brasileiras. Educador Popular com formação em Teatro do Oprimido, Teatro de Rua e Técnicas Circenses. Atua com Dançarino, Coreógrafo e Diretor Teatral. Seu trabalho com Danças Afro Brasileiras iniciou-se com o Bájò Ayò (Dançar juntos, na alegria, prazer e exaltação, em yorubá) no ano de 1999, participou de diversas apresentações na Paraíba, Pernambuco e Alagoas, destacando apresentação na Serra da Barriga, Parque Memorial Zumbi dos Palmares, 2001.

Participou como ator e dançarino no Espetáculo ‘Filhos da Mãe África’ produzido pelo Movimento Negro. Integrou a Tribo Éthnos participando como dançarino e coreógrafo dos Espetáculos “Urbanus” e posteriormente “Urbanus – A Ópera”. Como dançarino participou do espetáculo “Trabalha Negro”, do Pérola Negra- Centro de Cultura Popular e Afro Brasileira. Em diversas apresentações locais e regionais, representando esse grupo, atuou como facilitador de danças e coreógrafo até o ano de 2007. Atuou como facilitador de teatro e danças populares e Afro Brasileiras durante 12 anos no Curso de Verão na Terra do Sol, Fortaleza (CE), como coreógrafo do grupo Raízes Afro-indígenas e como pesquisador, facilitador e dançarino junto a ONGs e escolas públicas e privadas.

Serviço

Oficina “Afro é Belo” com Rogerio Gomes

Projeto em homenagem ao Mês da Consciência Negra

Data: 23, 24 e 25 de novembro

Turmas: manhã (8h às 9h30) – noite 19h às 20h30

Valor: R$ 50 por turma (desconto de 10% para os inscritos nas duas turmas)

Local: Mezanino 2 Funesc – Manhã: Sala 06 – Noite: sala 02

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

joao-e-maria-o-conto-de-fadas-de-chico-buarque-html

Chico Buarque anuncia disco de inéditas e grande turnê pelo Brasil

Uma boa notícia para os milhares de fãs de Chico Buarque: vem disco novo por ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *