Home / Geral / Funcionários públicos são detidos em Borborema com dinheiro para suposta compra de votos

Funcionários públicos são detidos em Borborema com dinheiro para suposta compra de votos

capa_01102016123658

Dois funcionários públicos foram detidos pela polícia e pelo juiz eleitoral, no município de Borborema, depois de serem encontrados com dinheiro em espécie dentro de um carro para suposta compra de votos, já que um deles pertence a uma das coligações na disputa pelo comando da cidade.

Policiais do plantão foram chamados pelo juiz da Comarca, Jailson Shizue Suassuna, para fazer rondas no município. Ao chegarem na Praça Dr. José Amâncio Ramalho, abordaram os dois funcionários que estavam em um carro onde foi encontrada a quantia de R$ 2.840,00. Indagados sobre a procedência do valor, um dos acusados não soube informar e apenas disse que fazia parte da coligação a que pertencia o segundo acusado.

No mesmo local, minutos após, um agricultor foi detido com a quantia de R$ 610. Ao ser abordado pelos policiais e juiz local, o acusado não soube informar a origem do dinheiro. Todos eles foram conduzidos para a delegacia de Solânea, responsável pela região após às 18h, já que as demais delegacias nesse horário ficam fechadas.

 

Focando a Notícia

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

naom_5872cb3512b18

Forças Armadas deixam ruas do Rio, mas permanecem no ES

Após manifestação da Procuradoria-Geral da Justiça Militar, o Ministério da Defesa anunciou que as Forças ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *