Home / Política / Folha aponta possibilidade de união do PSB ao presidenciável do PDT, Ciro Gomes

Folha aponta possibilidade de união do PSB ao presidenciável do PDT, Ciro Gomes

A Folha de S. Paulo publicou reportagemapontando que a desistência do ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa em disputar a Presidência da República pode empurrar o PSB para uma aliança com Ciro Gomes em prol de composições para a disputa de governos estaduais. Dentre os partidos com pré-candidatos ao Palácio do Planalto, o PDT é o que tem mais pontos de contato com o PSB nos estados.

Leia a reportagem completa na Folha.

Na paraíba, de acordo com a Folha, o governador Ricardo Coutinho (PSB) busca o apoio da vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) para o seu pré-candidato a governador João Azevedo, e embora Lígia ensaie uma candidatura própria, lhe faltam estrutura e aliados para enfrentar uma eleição majoritária.

Com 11 pré-candidatos a governos, o PSB não terá o apoio do PSDB em nenhum estado e deve ser apoiado pelo do PT apenas na Paraíba e em Tocantins.

Já o PDT pode firmar alianças com o PSB em até oito estados, diz a Folha.

“É óbvio que esse jogo dos palaques estaduais vai entrar na conta [de uma aliança nacional]. Temos aproximação com o PSB em vários estados, em outros nem tanto. Mas precisamos saber primeiro se o PSB quer esse diálogo”, diz o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, segundo a reportagem. O PDT deve apoiar o PSB nos dois colégios eleitorais considerados mais estratégicos para os socialistas: São Paulo e Pernambuco, onde os governadores Márcio França e Paulo Câmara disputam a reeleição.

Em Minas Gerais e no Distrito Federal, os pré-candidatos a governador do PSB Marcio Lacerda e Rodrigo Rollemberg estão entre os principais entusiastas de uma possível composição com Ciro Gomes.

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

Ciro Gomes é o pré-candidato a presidente com mais ações na Justiça contra ele

Segundo levantamento feito pelo jornal Folha de S. Paulo em tribunais superiores, federais e estaduais, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *