Home / Destaque / Cidades sertanejas foram as que mais receberam chuvas em janeiro, diz Aesa

Cidades sertanejas foram as que mais receberam chuvas em janeiro, diz Aesa

Chuva_Forte

As cinco cidades onde mais choveu este ano na Paraíba estão localizadas no Sertão. De acordo com Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (Aesa), até esta quarta-feira (27), os maiores índices pluviométricos foram registrados nos municípios de Bom Jesus (316,1 mm), Catingueira (283,5 mm), São José da Lagoa Tapada 283,4, Cacimba de Areia (281 mm) e Emas (275,4 mm).

De acordo com a meteorologista Marle Bandeira, já choveu acima da média histórica em várias cidades sertanejas neste mês de janeiro. “Em muitos locais do semiárido a média gira em torno dos 100 milímetros. Este número é obtido com base nos registros das chuvas dos últimos 30 anos. No caso do município de Bom Jesus, por exemplo, tivemos um aumento de mais de 200%”, informou.

“Estas precipitações foram provocadas pelo fenômeno meteorológico chamado de Vórtice Ciclônico de Altos Níveis, o VCAN, como é mais conhecido. Ele costuma atuar com mais intensidade nos meses de dezembro e janeiro na região Nordeste”, acrescentou o meteorologista Lindemberg Lucena da Silva.

Na terça-feira (26), o sistema de monitoramento da Aesa detectou chuvas em 26 cidades paraibanas e, nesta quarta-feira, em apenas um município. Foi na cidade de Rio Tinto, na região do Litoral.

Aumento gradual – A expectativa dos meteorologistas é que a partir da próxima semana as chuvas aumentem de forma gradual no interior do estado, já que a estação chuvosa da região semiárida ocorre entre os meses de fevereiro e maio.

“A circulação dos ventos em médios e altos níveis da atmosfera continua contribuindo para a redução da nebulosidade. A tendência é que, na quinta-feira, o tempo permaneça com nebulosidade variável com possibilidade de ocorrência de chuvas em pontos isolados do Sertão”, acrescentou Marle Bandeira.

Açudes – Dos 124 reservatórios monitorados pelo Governo do Estado, 30 estão com mais de 20% do seu volume total, 36 têm menos 20% e 58 estão em situação crítica (com menos de 5% do volume total). A relação completa e o nível de cada reservatório estão disponíveis no site www.aesa.pb.gov.

 

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

Os empresários Joesley Batista e Eike Batista vendem apartamentos, iates, carros e até ilhas para pagar dívidas e multas

  Iate de 98 pés de Joesley Batista  Propriedade em Angra dos Reis Foto: Rafael ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *