Home / Destaque / Bancários não descartam greve devido a fechamento de agências do Banco do Brasil

Bancários não descartam greve devido a fechamento de agências do Banco do Brasil

201608310806410000006582

O Sindicato dos Bancários da Paraíba realiza a partir das 18h30 desta terça-feira (22), em sua sede na Capital, assembleia é para discutir os impactos com o plano de reestruturação do Banco do Brasil. A intenção da direção do BB é fechar agências e lançar um plano de aposentadoria incentivada.

Hoje pela manhã a direção do sindicato esteve reunida com a superintendência do Banco do Brasil discutindo as questões inerentes aos estados. “O resultado desse encontro será avaliado na assembleia”, revelou um servidor do sindicato.

De acordo com o presidente do sindicato, Marcus Henrique, serão fechadas 11 agências na Paraíba. “São quatro em João Pessoa, uma em Campina Grande e as demais no interior do estado”, informa.

Ainda segundo Marcus Henrique, na quinta-feira (24), o comando nacional dos bancários se reúne para analisar os reflexos desse plano de reestruturação e elaborar um calendário de lutas. “A greve não está descartada”, revelou.

Marcus Henrique condenou o plano de reestruturação do BB e o chamou de maléfico para a sociedade. “A intenção da direção do  banco é maximizar os lucros  e ofertar um péssimo serviço  à população”.

Em nível nacional, o plano de reestruturação do BB prevê o fechamento de 31 superintendências regionais e 402 agências. Outras 379 agências serão transformadas em postos de atendimento bancário. Atualmente, o BB tem 4.972 agências de varejo e 1.781 postos de atendimento. Em outubro, o banco já havia iniciado o encerramento de 51 agências.

Com a reestruturação, haverá redução de 9,3 mil vagas no quadro do banco.

O BB  que tem atualmente 109.159 funcionários pretende incentivar a aposentadoria de 18 mil funcionários através de adesão voluntária ao Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada.

Sobre Cristiano Ricelli

Cristiano Ricelli

Veja Também

download-1

Lula presta depoimento como testemunha de defesa de Cunha

O ex-presidente Lula, arrolado como testemunha de defesa do ex-deputado Eduardo Cunha, será ouvido pelo ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *